sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Ganhadora do sorteio:

A ganhadora do sorteio deste mês foi a: Telma Marinho! Parabéns!
Telma envie para meu e-mail o endereço para enviarmos seu DVD de uma de minhas palestras para pais e educadores.
Que a boa mão do Senhor esteja sobre você! Alex@
E-mail: alexaguerra76@hotmail.com

Participe você também dos próximos sorteios sendo um seguidor deste blog.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Projeto Reconstruir.



Já está no ar o site da Campanha UM NOVO RECONSTRUIR
www.projetoreconstruir.org.br

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Passagem da infância para a fase adulta pode acontecer antes do previsto

A entrada precoce na puberdade é algo que exige atenção dos pais. No caso de crianças saudáveis, a entrada nesta fase começa aos oito anos de idade para as meninas. Os meninos iniciam o processo um pouco mais tarde, aos nove anos. A puberdade é um divisor de águas biológico. É quando o corpo deixa de ser infantil e passa a ser adulto. Se essas mudanças começam a acontecer muito antes do período previsto, está caracterizada a puberdade precoce, uma patologia com graves complicações, que tem conseqüências biológicas, mas não se restringe apenas a isso. O professor e pediatra Antônio José Chagas explica que a antecipação desta fase representa uma inadequação social e emocional. "Muitas vezes ela [menina] tem a mentalidade de uma certa idade, mas o corpo de outra", observa. Por essas razões, o ideal é que os pais que desconfiarem do ritmo acelerado do desenvolvimento corporal e biológico das crianças em relação a sua idade busquem ajuda de um endocrinologista pediátrico e, no caso das meninas, também de ginecologista infanto-puberal.
(Estado de Minas, p.5 - Márcia Maria Cruz, 25/10/2009)

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Briga entre pais e filhos motiva 98% das fugas

Os conflitos familiares são os principais motivos apontados por especialistas para as fugas de crianças de adolescentes. As desavenças entre pais e filhos contribuem para que os jovens rompam os laços afetivos e saiam de casa a procura de uma nova identidade. A professora do departamento de psicologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Luciana Karine de Souza, explica que embora não seja uma atitude correta, a fuga dos jovens normalmente é uma reação de proteção contra o conflito familiar. Segundo a professora, alguns jovens acabam entrando para o tráfico de drogas ou escolhendo a violência como válvula de escape. Ao todo, 1.055 pessoas desapareceram em Minas em 2008. Neste ano, até o dia 1º de outubro, foram registrados 1.094 casos. Desse total, 436 envolveram crianças e adolescentes.
Promessa - O conflito familiar também motivou uma história inusitada em São Paulo. Um menino de 11 anos viajou embaixo de um ônibus de Sales, em São Paulo, até Aparecida. O garoto voltou para casa ontem. Ele enfrentou nove horas e 550 km de estrada para pagar uma promessa a Nossa Senhora Aparecida para que os pais parassem de brigar.
(O Tempo, p.16 - Andréa Silva, 20/10/2009)

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

"O professor se liga à eternidade.
Ele nunca sabe quando cessa a sua influência."
Henry Adams.

sábado, 17 de outubro de 2009

Educar é...

Educar é gerar.
Buscar.
Cultivar.
Abrir portas.
Construir pontes.
Sonhar.

É Metamorfose.

Educar às vezes é sofrer.
Outras vezes é sorrir.
Educar é inevitável!
Continue educando.


[Por: Alexa Guerra]

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Por que nem todos professores se tornam mestres?

Ser mestre é encantar, surpreender, transformar. É ensinar com autoridade e envolvimento. Como fez o Mestre Jesus. O ensino de Jesus era a encarnação de Pv 15.2 pois, “suas palavras sábias tornavam o ensino atraente.” Jesus ensinava envolvendo, levando as pessoas a experimentarem as verdades que apresentava. (Lucas 9.10-17; 10.1-12, 28,36,37; Mt 14.22-36). O Mestre ensinava encantando e com autoridade (Mc 1.21, 22); pois sempre fazia o que agrada ao Pai e falava exatamente o que o Pai lhe ensinou (Jo 8,28,29). O mestre atraía as multidões, “ninguém jamais falou como aquele homem” (Jo 7.46). Jesus deixava a multidão maravilhada com seu ensino (Mc 11.18b). A grande multidão o ouvia com prazer e admiração (Mc 12.37b; 6.2). Mas, como ensinar assim hoje?
É preciso tornar o ensino mais atraente e dinâmico com ênfase em transformação de vida. Mas só evolui quem quer: ninguém pode ser forçado a melhorar, a adotar novas posturas, a servir de modo diferente, a buscar sua plena realização no desempenhar seus dons e funções. Quem se fechar numa redoma, seguirá pela vida afora com as mesmas imperfeições e erros de sempre.
Gardner* – conceituado Psicólogo e Professor diz: “ Os mestres também têm muito a aprender. Quem se imagina pronto limita seus passos e se condena ao envelhecimento. O trabalho deve ser um aprendizado constante. Por meio dele nos transformamos, desenvolvemos habilidades. A formação não termina com um diploma na mão. Nem dois, nem três. Não se pode deixar de ler, frequentar seminários, fazer cursos, refletir diariamente sobre o trabalho. Porque é preciso disseminar a importância do aprender. Aprimorar-se mais e mais a cada dia. Com professor, quanto mais você abrir sua mente, mais vai aprender a ensinar aos outros a importância de aprender.”
Tenho colhido depoimentos de alunos que ilustram bem isto, em um deles, no curso ministrado em Belo Horizonte, a professora declarou sua mudança de mentalidade e visão. Usava seu material didático sem dar valor ao seu conteúdo, pois ela não estava preparada para usá-la. Após o curso passou a ver seu material de forma diferente: “agora vejo quanta riqueza há nesta revista! Pude aprender muito com o curso, vou fazer a diferença.” Outra disse: “Eu sabia que o ensino era importante mas não sabia que dependia de mim, colocava toda responsabilidade na liderança em geral. Hoje eu sei que preciso me empenhar mais para ajudar nas mudanças que se fazem necessárias.”
Os educandos precisam ser transformados através de nosso ensino. A vivência educacional que visa transformação de mente, ensina de maneira envolvente e dinâmica; motiva à busca contínua de conhecimento. Formação constante é o maior desafio do educador de hoje!
O segredo é aprender sempre. Aprender a ensinar de maneira dinâmica e viva. Métodos de ensino que aliados ao conhecimento e a vivência produzirão muitos frutos.
Administrar a formação contínua é uma competência indispensável ao desenvolvimento. Investir na capacitação. Acreditar no potencial de crescimento do ser humano através da busca de conhecimentos e do treinamento adequado, e temos um privilégio maior: um forte amor ao ensino.
Agarre-se a todas as oportunidades de ser um educador melhor. Aprenda para ensinar como Jesus de maneira simples e atraente. Encante, surpreenda, transforme! Lembra-se? Só evolui quem quer: você quer ser professor ou mestre?

*Howard Gardner – Psicólogo e professor da Universidade de Harvard, autor do livro Inteligências Múltiplas.

Alexandra Guerra Castanheira. E-mail:
alexaguerra76@hotmail.com alexaguerra.blogspot.com

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Procuro professores que não gostam de ensinar e que não vivem o que pregam.

Procuro os professores que não gostam de ensinar e que não vivem o que pregam. Não é para dar aulas na escola, nos seminários ou na igreja que os procuro, mas infelizmente eles se escondem lá. Não os procuro para formar esta geração de crianças ou influenciar os jovens e adultos, mas é isto que eles estão fazendo. Por que então os procuro? Por que se eles estão ensinando e não amam o que fazem e não vivem o que pregam eles são perigosos. E gente perigosa tem que ser capturada! Como os maus médicos esses professores estão pondo em risco a vida das pessoas, pois matam a fé, a vontade de aprender e a ânsia pelo saber. Você voltaria a tomar um medicamento que lhe fez mais mal do que bem? Que lhe causou reações alérgicas e efeitos colaterais horríveis? Claro que não, você iria procurar por outro medicamento. Ou será que você voltaria a comer uma comida que não gostou? Raramente! Outro dia eu estava almoçando com minha amiga June e ela queria comida chinesa. Fiz cara feia, pois minha primeira experiência com este tipo de comida não foi boa. Mas topei experimentar de novo e valeu a pena! Estava muito boa! No entanto, só fiz isso por influencia dela, pois sozinha eu não voltaria a comer comida chinesa. Muitas pessoas não querem mais ir às escolas ou igrejas, ou vão com o coração fechado, pois a primeira experiência foi desagradável. Mataram-lhe o desejo por este tipo de saber... Que é um saber cheio de sabor: “Como são doces para o meu paladar as suas palavras! Mais que o mel para minha boca!” Sl 119.103. As Palavras do Senhor Deus são tão gostosas que já viraram musica: “São mais desejáveis do que ouro depurado, são mais doces do que o mel, e o destilar dos favos...” (Sl 19.10).
Procuro professores que não gostam de ensinar e que não vivem o que pregam, pois eles matam seus alunos com suas aulas chatas, inúteis, sem significado para a vida. Eles criam nos ouvintes aversão ao conhecimento e à vida com Deus. Quem vai querer ser chato e rancoroso como aquele professor? Se for só isto que Deus tem para oferecer é melhor ir passear, nem que for na própria aula, pois “o meu pensamento é livre na sombra da noite.”
A educação cristã precisa de pessoas radicais que buscam viver o que pregam, pois a assinatura que o educador deixa fica no espírito dos outros. Quem não ama a Palavra de Deus a ponto de abrir mão de seus valores e atitudes por Ela, não serve para ensiná-la.
Quem não ama o que faz se torna perigoso.
Será que procuro por você? Que pergunta atrevida! Não brigue comigo, imagina se você é um destes tipos... Bem, se você quiser saber mesmo se você é um professor perigoso, se tiver mesmo coragem, pergunte a seus alunos, só eles podem lhe dizer como são suas aulas. Observe se eles estão aprendendo e dando frutos. Se eles querem vir à classe ou se fogem de você. Caso você seja este professor perigoso se entregue! Não a mim, mas ao Mestre Jesus, e busque: conhecimento, didática, crescimento pessoal, relacionamento com Deus, e amor - muito amor e se tornará um professor muito melhor. Caso contrário, saia fora antes que seja tarde demais. A vida é curta e bela. Não perca tempo e nem beleza. Só há duas saídas: aprenda a amar o que você faz ou procure sua turma e nos deixe ensinar e transformar vidas.
Na verdade, acredito que você não seja este tipo perigoso, pois eles não costumam ler artigos sobre educação.
Sabe de uma coisa, mudei de idéia: não vou mais procurar por estes perigosos, vou sim procurar professores que vivem o que pregam e amam o ensino, para juntos nos tornarmos professores cada vez melhores, para com nossa maneira de viver denunciar aqueles que estão matando vidas e salvar quantas pudermos. Já que eu mudei de idéia, quando você terminar de ler este texto, faça-me um favor: risque do título os dois “não”, para que ele fique assim - Garanta uma boa colheita, procurando os professores que gostam de ensinar e que vivem o que pregam.
Procuro agora por educadores apegados a raça humana, que gostem de conviver com gente e de olhar em seus olhos. Busco pelos que tem fome de saber, desejo de conhecer as Escrituras e seu Autor. Quero encontrar os radicais que praticam o que ensinam em seu dia a dia. Que amam o ensino, e têm vontade de ensinar com excelência. Acho até que é por isto que a Bíblia diz: “Aquele que ensina esmere-se no fazê-lo.” Rm 12.7.

Texto de Alexa Guerra extraído de seu livro "Infância, o Melhor Tempo para Semear." Editora Betânia.
E-mail:
alexaguerra76@hotmail.com Blog: alexaguerra.blogspot.com

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Promoção para Outubro, o mês do professor:

Economize R$ 7,00



Autor: ALEXANDRA GUERRA & AGUINALDO CASTANHEIRA
Editora: SOCEP EDITORA
Sinopse
O uso de dinâmicas tem a capacidade de despertar nossos sentidos e de mexer com nossas emoções de uma forma marcante. Esta obra é destinada a todos aqueles que veem no ensino a grande oportunidade para mudanças, confrontos e crescimento. É um manual prático, ao qual o educador pode recorrer a fim de obter inspiração e modelos para seu trabalho. As transformações históricas, culturais e sociais, exigem, do mestre, esforço para se manter atualizado e eficiente como um bom comunicador. Que este material sirva de inspiração no preparo de reuniões e aulas dinâmicas e envolventes. Que os encontros sejam libertadores, promovam qualidade de vida e desenvolvam valores importantes para boa convivência.
www.socep.com

sábado, 3 de outubro de 2009

Brilhem Professores!

"Os mestres sábios, aqueles que ensinaram muitas pessoas a fazer o que é certo, brilharão como as estrelas do céu, com um brilho que nunca se apagará."

Daniel 12:3.


And they that be wise shall shine as the brightness of the firmament; and they that turn many to righteousness as the stars for ever and ever. Dn 12:3

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Carta de gratidão aos professores

Professor(a) receba nosso abraço amigo e grato!

Se houvesse diferenciação entre dons e ministérios, o de ensino seria o maior de todos. Mas para o cristianismo não há diferença! Todos são iguais, pelo menos deveriam ser. Mas quanto à recompensa, essa será maior para quem pratica e ensina a Palavra de Deus, pois a Bíblia diz em Mateus 5:19: "Aquele, pois, que violar um destes mandamentos, posto que dos menores, e assim ensinar aos homens, será considerado mínimo no reino dos céus; aquele, porém, que os observar e ensinar, esse será considerado grande no reino dos céus." A gratificação para os professores será grande! E vinda da parte de Deus será melhor ainda!
I Timóteo 5:17 diz que aqui nesta vida também, quem ensina merece retribuição e honras maiores: "Devem ser considerados merecedores de dobrados honorários os presbíteros que presidem bem, com especialidade os que se afadigam na palavra e no ensino." Você que tem observado e ensinado os mandamentos de Deus receba nossa gratidão, com amor. Receba nossas honras
! Você não procura, mas merece consideração pública. Merece nossa consideração e homenagem à virtude, ao talento, às boas qualidades humanas; que você tem buscado desenvolver para Servir ao Deus Vivo!
Queremos com esta carta demonstrar nosso respeito a você que ensina em nosso meio a Palavra de Deus! Deixe que estas palavras lhe abracem e o envolvam com nosso carinho, respeito, consideração, estima, ternura e mimo...
Você que ensina a Bíblia leva para as pessoas consolação e esperança! Romanos 15:4 diz: "Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança." O objetivo das palavras que você ensina também é abraçar as pessoas como se fosse o próprio Deus. E na verdade é, pois através da Sua poderosa Palavra revelada e escrita Deus abraça as pessoas. Você, professor, proporciona abraços divinos que confrontam, cortam e penetram a alma e o espírito humano. Abraços sobrenaturais que curam, salvam e libertam pessoas.
Parabéns, professor(a). Receba nosso abraço amigo! Continue firme! Ministrando, como Jesus, o ensino que não é seu, mas sim, daquele que lhe enviou: O Deus Esterno. "Respondeu-lhes Jesus: O meu ensino não é meu, e sim daquele que me enviou." João 7:16.

Texto: Alexa Guerra. [http://alexaguerra.blogspot.com/]

Com gratidões, honras e abraço de _____________________

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Especial Dia do Professor!

Durante este mês de outubro você encontrará aqui no blog sementes e adubos para fertilizar o coração dos educadores!

Fique ligado:
Mensganes, vídeos, músicas, dicas e muito mais para homenagiar e motivar nossos mestres.

Pesquisa Google

Google