quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Poesia de uma garota de 9 anos>> Eu sou assim...

Eu sou assim.       
De mim faço princesa, de mim faço gentil,   de mim faço corajosa, de mim faço uma boa menina, de mim faço Alegre, de mim faço divertida, de mim faço fofa e nunca para de sorrir.
De mim faço dedicada, de mim faço feliz, de mim faço respeitada, e de mim faço bondosa.
Essa sou eu,eu sou assim. Tanta coisa boa!
Então sou assim.

Kamilla Guerra. 


quinta-feira, 18 de julho de 2019

Os tempos mudaram e as formas de lidar com o conhecimento também.

Um novo educador.
Os tempos mudaram e as formas de lidar com o conhecimento também. As crianças que nasceram no século XXI precisam de um novo educador. Elas formaram conexões no cérebro que outras gerações não possuíram, por não terem recebido os estímulos necessários para isso. Assisti a um documentário chamado “Mentes brilhantes”, onde os cientistas mostraram que existem conexões em nosso cérebro que, se não estimuladas, elas literalmente morrem. Os estímulos variam, desde jogos até tocar instrumentos musicais. A geração do século XXI tem sido mais estimulada e recebido muito mais informação do que qualquer outra que já existiu. A mídia eletrônica e a internet inauguraram um novo mundo. Nós humanos, mexemos muito com o mundo e com as pessoas, por isso as crianças mudaram tanto,  para se adaptar à época em que nasceram. Mudança - é uma palavra chave hoje em dia. Tudo está passando e se transformando, e rápido! Os pais também não são mais os mesmos. Eles já estão terceirizando a criação dos seus filhos e entregando-os corpo, alma e espírito para a tv, os jogos eletrônicos, a internet, as escolas ou para as cuidadoras. Essas e outras mudanças vieram para ficar, temos que saber lidar com elas sem trair nossos princípios e valores. A resistência à certas mudanças traz desgastes desnecessários. E abrir mão das virtudes e valores só traz mais problemas. Parece que estamos mesmo em uma encruzilhada. Então, qual direção tomar?
O desafio é olhar para esta nova geração com esperança. Nem pessimistas, nem otimistas, mas sim realistas e esperançosos. Mas como alcançar o coração desta nova geração? O que deve ser mantido e o que deve se adaptar a tantas mudanças?
Princípios e virtudes – não são negociáveis.
Métodos – devem ser adaptados.
   A grande questão é: como se adaptar às mudanças contínuas desta época sem ferir os princípios e virtudes? No caso da educação nosso desafio atual é recuperar o equilíbrio entre: limite e liberdade. Para o rio alcançar o mar ele precisa seguir seu curso, um caminho delimitado, ou então ele deixa de ser rio, pode virar lago, poça d’água ou até secar. Pode se desviar, apodrecer e morrer. O limite do rio o mantém no seu propósito, que é desaguar no mar. O limite o conduz para vida! “Pois o mandamento é lâmpada, a instrução é luz, e as advertências da disciplina são o caminho que conduz á vida.” Provérbios 6.23. O limite deve ser mantido, pois ele assegura a vida.
         Educar as crianças estabelecendo limites é um princípio de vida que não deve mudar. O que muda é a forma como fazemos isso, que pode ser amorosa e sábia ou destrutiva e repressiva. O desafio do educador do século XXI é encontrar o caminho do meio, aprender com o passado, analisar o novo homem, se segurar nas virtudes e viver com equilíbrio. Este novo educador está em contínua formação e está aprendendo a tratar a vida e o processo de ensino aprendizagem de outra forma. “A vida não é um ensaio, ainda que tratemos muitas coisas; não é um conto, ainda que inventemos muitas coisas; não é um poema, ainda que sonhemos muitas coisas. O ensaio do conto do poema da vida é  um movimento perpétuo; isso sim, um movimento perpétuo.” (Augusto Monterroso – escritor da Guatemala). Movimente-se dentro de princípios e virtudes que não mudam. Para encontrar o equilíbrio dentro deste movimento o desafio é entender a nossa época e as pessoas, para assim tornar a aprendizagem significativa e por procedimento, valorizando o fazer do estudante. E em se tratando de metodologias precisamos tornar a escola o lugar que se parece com o aluno e com a nova maneira de aprender do cérebro que se renova a cada dia, então, novo educador: Inove com equilíbrio!

Por:  Alexandra Guerra. In: alexaguerra.blogspot.com


quinta-feira, 20 de junho de 2019

Gratidão pelas visitas, amigos! Já são mais de 190 mil!!


Sou muito grata pelas  mais de 190 mil visulazações neste Blog: "Sementes para Pais e Educadores..."!
Quanta sementes lançadas e germinadas...
Quantas flores e frutos... 
Isso faz valer a pena!
Que bom que estamos juntos neste espaço e tempo!
Gratidão meus amigos! 
Com amor, Alexandra Guerra. 


domingo, 2 de junho de 2019

sábado, 1 de junho de 2019

A educação autêntica se faz de A com B. (Paulo Freire).

Silva (2002, p. 1), afirma que: 
“prevalece ainda hoje o modelo tradicional de educação baseado na transmissão para memorização, ou na distribuição de pacotes fechados de informações ditas “conhecimento”. Há cinco mil anos a escola está baseada no falar-ditar do mestre e na repetição do que foi dito por ele. Paulo Freire, maior educador brasileiro, criticou intensamente esse modelo educacional. Ele dizia: “a educação autêntica não se faz de A para B ou de A sobre B, mas de A com B”. 
Hoje, as tecnologias da informação e comunicação estão chegando à grande parte da população. O aluno, fora da sala de aula, tem acesso à tecnologia e pode interagir com o mundo. A educação dos bancos escolares, com horário marcado para acontecer, começa a ser questionada. Hoje, não se pode conceber educação que não leve o ser humano à autonomia, à liberdade de expressão, à comunicação e ao relacionamento com os outros.” 

In: MOTIVAÇÃO EM CURSOS A DISTÂNCIA. Adriana dos S. Caparróz Carvalho. Denisia de Souza Alves.

Resultado de imagem para interação 

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Evolucão e democratização do conhecimento na EAD

Este vídeo prova que a EAD (Educação a Distância) é o melhor caminho para a evolução e democratização do conhecimento e interações formativas! 

https://online.hbs.edu/learning-model/live



terça-feira, 30 de abril de 2019

Mensagem para Dia das Mães: Mãe e flores.

Mãe e flores.

Já notou como associamos mães com flores?
Resultado de imagem para maes e flores para colorir
Adicionar legenda
As mães são como as flores: perfumam, embelezam, anunciam a vida!
As mães como as flores: são sensíveis e ao mesmo tempo resistentes.
Algumas estão firmes realizando a sua missão de gerar e manter a vida!
Infelizmente, outras mães estão murchas, ressecadas, esgotadas...
Estão desanimando, e colocando em risco os frutos...
Já pensou se as flores se cansarem de serem flores?
Todos os frutos, perfumes e belezas estariam ameaçados!
Se as mães desistirem... Toda geração estará condenada ao sofrimento, ao esfriamento, ao fracasso.
Algumas mães já desistiram: de amamentar, de proteger, de elogiar, de corrigir, de criar, de se dar...
Preciosa mãe: não tenha medo! Pois o seu Criador, O SENHOR Todo Poderoso, será o seu marido e o seu Salvador!
O SENHOR Deus te diz: “O meu amor por você não acabará nunca, e a minha aliança de paz com você nunca será quebrada.” Isaías 54:10.
Volte-se para Deus, como as flores buscam a luz!
“Mudem sua maneira de viver e abandonem seus maus pensamentos.” O mau envenena a alma.
Você vale muito mais que as flores.
Mãe, não desista!
Seja como as flores! Embeleze seu jardim, independente de como esteja o solo.
Pois não há esperança de vida sem vocês!
Não posso imaginar o mundo sem mães, que desempenham o seu belo papel.
Assim como não posso imaginar o mundo sem a riqueza das flores, pois são elas que asseguram a reprodução da espécie.
Por: Alexandra Guerra 


sexta-feira, 5 de abril de 2019

Celebrar a Páscoa é...

Celebremos a Páscoa deixando para trás nossos sentimentos e atitudes ruins para cultivar bondade e verdade.
Boa páscoa, Alexandr@!


Resultado de imagem para deixar ir

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Brigas e violência entre as crianças.


As Causas da violência infantil e os dois cachorros.

Estão cada vez mais comuns as brigas e violência entre as crianças.
Certa vez, eu estava conversando com um garoto sobre suas atitudes agressivas  com colegas e até com seus professores. O menino, que me ouvia em silêncio absoluto, virou-se para mim com aquele olhar de quem está pensando profundamente na questão, apertou seus olhinhos castanhos, e desabafou: "_Tem uma coisa dentro de mim que não consigo controlar!"
Que coisa será essa? Fiquei pensando...
Lembrei-me então da história que ouvi uma vez: dos dois cachorros que brigam dentro de nós.
"Um Sábio índio descreveu certa vez os seus conflitos internos: 'Dentro de mim existem dois cachorros, um deles é cruel e mau, o outro é muito bom e dócil. Eles estão sempre a brigar'.
Quando então lhe perguntaram qual dos cachorros ganharia a abriga, o sábio índio parou, refletiu e respondeu:
'Aquele que eu alimentar".
Qual cachorro você quer que vença? O Pit Bull ou o Yorkshire? Perguntei ao garoto. E ele replicou: "_Mas meu pai disse que se alguém me bater eu tenho que revidar."
Quando ele saiu da minha sala fiquei pensando em como o próprio pai estava alimentando o Pit Bull.
Como podemos alimentar esses cachorros? Pensei em três possibilidades de biscoitos caninos:
1. Disciplina - pode estar lhe faltando limites, nesse caso fortalecemos o descontrole. Ou,  a correção pode estar sendo feita da forma errada e correção sem amor,  gera mais violência.
2. Medicina - pode ser que a criança tenha um distúrbio ou transtorno como a famosa hiperatividade, por exemplo. Então lhe falta um diagnóstico e tratamento adequado.
3. Espiritualidade - como temos alimentado a alma e o espírito? Como podemos fortalecer esta criança nesta área e livrá-la de influencias ruins?
Antes de testar estas três áreas, você pode partir para a lei do reforço. Este método que há algum tempo atrás coloquei em cheque e questionei severamente, agora tenho colocado em prática e obtido ótimos resultados. Trata-se de recompensar o bom comportamento com privilégios ou pequenos presentes, como adesivos e a famosa estrelinha que você já deve ter visto - e talvez recebido – na sua época de escola...
Um dia, uma professora, chamando a atenção de sua pequena de dois anos e meio perguntou-lhe:
- Ana, quantas vezes vou ter que falar para você obedecer? No que Ana respondeu:
- Três vezes professora. Você disse que só ia falar três vezes. E essa foi a vez dois.
Eu sei que reforço também é coisa de cachorro, mas muitas vezes ele ajuda ou pelo menos nos dá tempo para investigar qual cachorro está sendo mais alimentado e como.
Já pensou se estivermos alimentando o Pit Bull dentro de nossas crianças?

Por: Alexandra Guerra.    
Blog: alexaguerra.blogspot.com
facebook.com/Sementes-para-Pais-e-Educadores




sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

O que é a Realidade Virtual?

Um sonho de metodologia de ensino! 
Precisamos levar a Realidade Virtual para as instituições de ensino como grandes soluções dos problemas educacionais.



ps://www.facebook.com/rv.realidade.virtual/

facebook.com/rv.realidade.virtual/


terça-feira, 16 de outubro de 2018


“A pessoa sábia está sempre ansiosa e pronta para aprender. ” 
 Provérbios 18:15    (BLH)

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Como melhorar a aprendizagem


Geralmente se fala muito sobre qual a melhor forma do educador ensinar ao aluno. Raramente pergunta-se como o aluno aprende. Devemos considerar o aluno como sujeito que age sobre a sua realidade, que pensa, que conhece. Neste sentido, é fundamental que percebamos o aluno como um sujeito curioso que busca conhecer sua realidade, que constrói o conhecimento.

Considerar como melhorar a aprendizagem é muito importante para quem quer ensinar. Sem levar isto em conta, ficaremos falando e não ensinando.
Mas como é mesmo que o aluno aprende?  De maneira geral, podemos dizer que homens, mulheres e crianças, aprendem através de sua relação com o mundo e com as outras pessoas. É através de suas brincadeiras, buscas, relacionamentos,  atividades desenvolvidas, dentre outras coisas,  que irão aprender...
Para saber mais veja o livro “Ensino Dinâmico e Criativo” de Leroy ford; Ed. Juerp

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Toda vida é preciosa




É preciso acreditar que toda vida é preciosa e se preocupar realmente com o bem-estar do outro. Aceitar o que somos, aceitar todo mundo, proteger todo mundo, e ao fazer isso você se protege e cria a paz.

Do seriado: The Walking Dead.


Resultado de imagem para paz união

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Dia das mães

Mãe e flores.
Já notou como associamos mães com flores?
As mães são como as flores: perfumam, embelezam, anunciam a vida!
As mães como as flores: são sensíveis e ao mesmo tempo resistentes.
Algumas estão firmes realizando a sua missão de gerar e manter a vida!
Infelizmente, outras mães estão murchas, ressecadas, esgotadas...
Estão desanimando, e colocando em risco os frutos...
Já pensou se as flores se cansarem de serem flores?
Todos os frutos, perfumes e belezas estariam ameaçados!
Se as mães desistirem... Toda geração estará condenada ao sofrimento, ao esfriamento, ao fracasso.
Algumas mães já desistiram: de amamentar, de proteger, de elogiar, de corrigir, de criar, de se dar...
Preciosa mãe: não tenha medo! Pois o seu Criador, O SENHOR Todo Poderoso, será o seu marido e o seu Salvador!
O SENHOR Deus te diz: “O meu amor por você não acabará nunca, e a minha aliança de paz com você nunca será quebrada.” Isaías 54:10.
Volte-se para Deus, como as flores buscam a luz!
“Mudem sua maneira de viver e abandonem seus maus pensamentos.” O mau envenena a alma.
Você vale muito mais que as flores.
Mãe, não desista!
Seja como as flores! Embeleze seu jardim, independente de como esteja o solo.
Pois não há esperança de vida sem vocês!
Não posso imaginar o mundo sem mães, que desempenham o seu belo papel.
Assim como não posso imaginar o mundo sem a riqueza das flores, pois são elas que asseguram a reprodução da espécie.

Por: Alexandra Guerra 

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Oferta do meu livro para você: 100 DINÂMICAS PARA APRENDER BRINCANDO

No site da Editora: https://www.z3ideias.com.br/loja/produto/100-dinamicas-para-aprender-brincando-53840



27%
SUPER OFERTA

100 DINÂMICAS PARA APRENDER BRINCANDO

Autor(es): ALEXANDRA GUERRA AGUINALDO CASTANHEIRA

R$ 25,90
R$ 18,90


















https://www.z3ideias.com.br/loja/produto/100-dinamicas-para-aprender-brincando-53840




SINOPSE





O uso de dinâmicas tem a capacidade de despertar nossos sentidos e de mexer com nossas emoções de uma forma marcante. 
Esta obra é destinada a todos aqueles que veem no ensino a grande oportunidade para mudanças, confrontos e crescimento. É um manual prático, ao qual o educador pode recorrer a fim de obter inspiração e modelos para seu trabalho.
As transformações históricas, culturais e sociais, exigem, do mestre, esforço para se manter atualizado e eficiente como um bom comunicador.
Que este material sirva de inspiração no preparo de reuniões e aulas dinâmicas e envolventes. Que os encontros sejam libertadores, promovam qualidade de vida e desenvolvam valores importantes para boa convivência.

No site da Editora: https://www.z3ideias.com.br/loja/produto/100-dinamicas-para-aprender-brincando-53840

A assinatura que o educador deixa fica na alma dos outros.


segunda-feira, 9 de abril de 2018

Ciclo do semeador de raízes



Concebe no desejo
Fecunda no útero
Semeia na infância
Cultiva, aduba...
Brota.
Germina na adolescência
Floresce na juventude
Frutifica na plenitude
Ceifa, Colhe - parece que morre.
Alimenta, nutre
Fortalece
Reinicia o ciclo.                             
Concebe, fecunda e nasce de novo...
Reinicia o ciclo do semeador de raízes.
Palavras são sementes que dançam para você.
Se vão germinar e enraizar... Isso, é com você.
Quanto a mim, semeio raízes.

"A terra por si mesma frutifica: primeiro a erva, depois, a espiga, e, por fim, o grão cheio na espiga.
E quando o fruto já está maduro, logo se lhe mete a foice, porque é chegada a ceifa."  (Marcos 4:28, 29.)

Por: Alexandra Guerra. 




terça-feira, 27 de março de 2018

Festa da Páscoa


 “Joguem fora o velho fermento do pecado para ficarem completamente puros. Aí vocês serão como massa nova e sem fermento, como vocês, de fato, já são. Porque a nossa Festa da Páscoa está pronta, agora que Cristo, o nosso Cordeiro da Páscoa, já foi oferecido em sacrifício.”
1 Coríntios 5: 7 [BLH]

Pesquisa Google

Google