quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Poema: Dia Comum.

Como mensagem de final de ano, gostaria de deixar um poema de Mary Jean Irion ("Yes, World: a mosaic of meditation"), que é uma mensagem ao Dia Comum. Que esta seja a mensagem do seu coração a todos os todos os dias comuns de 2009. [Enviado pelo irmão Mauricio Cunha]

Dia comum, Deixe-me estar ciente do tesouro que é você, Deixe-me aprender com você, amar você, saborear você, antes que se vá. Não deixe que eu te ignore em busca de um amanhã raro e perfeito. Deixe-me agarrar você enquanto posso, porque você não será eterno. Um dia, cavarei a terra com meus dedos, ou enterrarei meu rosto no travesseiro, ou retesarei meu corpo, ou elevarei minhas mãos para o céu, e desejarei mais que tudo no mundo: que você volte!

Em Cristo, todos os nossos dias comuns são especiais.

terça-feira, 30 de dezembro de 2008


segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

EM 200INOVE!

Gifs - Flash - Fotos e Videos Para seu Orkut
200INOVE!

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Venha, vamos sonhar juntos...

O que você sonha para as famílias... Como você gostaria que as famílias fossem...
“Almeje algo tão extraordinário, que estará condenado ao fracasso, se Deus não estiver nele.” John Haggai
Escreva seus sonhos para as famílias aqui, em comentários.
E veja o que outras pessoas estão sonhando também....
Alexa.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008




"Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus Conosco)."

Mateus 1:23.

domingo, 21 de dezembro de 2008

Museu da família.

Bem vindo ao museu da família! Neste museu você irá ver e saber acerca deste grupo que está à beira da extinção.
Em meados do século XXI foram vistas as últimas famílias compostas por PAI, MAE E FILHOS.
Um pouco antes desse período, quase não se via uma mãe ou um pai em casa cuidando dos filhos, do lar e da família. Eles foram trabalhar fora.
Já no século XIX, era costume o pai ser recebido pelos filhos em casa, após um dia de trabalho. Ele era o provedor do LAR. Naquela época as crianças tinham um pai que morava com elas. Este pai convivia com os filhos e passeava com eles nos fins de semana. Nas apresentações da escola os filhos procuravam o olhar de seus maiores fãs: seus pais. E o aplauso deles era a garantia da felicidade! Os pais podiam corrigir o erro e disciplinar os filhos. Quando os filhos precisavam de colo tinham um de seus pais por perto para carregá-los a hora que quisessem.
No dia das mães se reuniam na casa da avó e a cama se enchia de presentes dos filhos, dos netos… Era difícil esperar até o segundo domingo de agosto para entregar ao papai o presente feito pelos próprios filhos: A camisa com sua mãozinha, o quadro pintado, o cartão com moldura de gravata...
A melhor comida era a da mamãe.
Era o papai quem ganhava no jogo de dama ou de bola.
Quantas brincadeiras correndo soltas com os irmãos e primos! Esconde esconde, casinha, queimada… Os brinquedos espalhados pela casa... Os risos, os choros.. Fartura de “vida”. Casa cheia não só de gente, mas de amor e contentamento.
Nas famílias havia coisas que não cabem neste museu: abraços, beijos, alegrias, choros, risos, personalidades, cachorros, papagaios…
Os JARDINS! Eles não poderiam faltar neste museu! As casas tinham jardins.
Deles as avós retiravam plantas para enfeitar ou para fazer chazinhos caseiros para os filhos e netos.
Férias também se passavam em família. Na roça, na praia ou na casa dos parentes: estavam todos num feliz ajuntamento. Para eles estar em família era o que fazia a vida valer a pena!
Como foi o fim das famílias? ... Bem, é uma longa história… Mas, lembre-se que, se você os deixar ir, talvez nunca mais os terá de volta. Às vezes, nos ocupamos tanto com nossas próprias vidas, que não notamos que os deixamos ir … Outras vezes nos preocupamos tanto com QUEM está certo ou errado, que nos esquecemos do que é CERTO e do que é ERRADO. Foi assim que as famílias começaram a desaparecer… Mas hoje temos este museu para visitá-las.
Certa vez alguém falou sobre um ciclo de morte que estava se instalando nas famílias. E leu na Bíblia como seria a cura no Salmos 128.1-6: "Feliz aquele que teme a Deus, o SENHOR, e vive de acordo com a sua vontade!” Mas parece que não deram atenção suficiente... E as famílias foram se extinguindo...
Nossa visita ao museu termina aqui, com o livro que falou sobre estes acontecimentos: "Ciclos de vida ou de morte, em qual deles sua família está?"
Envie esta mensagem para todos os seus amigos. Não se surpreenda se algumas famílias forem salvas da extinção.

Texto: Alexa Guerra.
E-mail:
alexaguerra76@hotmail.com
Blog: alexaguerra.blogspot.com

sábado, 13 de dezembro de 2008

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Carta enviada de uma mãe para outra mãe em SP, após noticiário na tv:

De mãe para mãe...
Vi seu enérgico protesto diante das câmeras de televisão contra atransferência do seu filho, menor infrator, das dependências da FEBEMem São Paulo para outra dependência da FEBEM no interior do Estado. Vi você se queixando da distância que agora a separa do seu filho, dasdificuldades e das despesas que passou a ter para visitá-lo, bem comode outros inconvenientes decorrentes daquela transferência. Vi também toda a cobertura que a mídia deu para o fato, assim como vique não só você, mas igualmente outras mães na mesma situação quevocê, contam com o apoio de Comissões Pastorais Católicas, Órgãos eEntidades de Defesa de Direitos Humanos, ONGs, etc.... Eu também sou mãe e, assim, bem posso compreender o seu protesto. Quero com ele fazer coro. Enorme é a distância que me separa do meu filho. Trabalhando e ganhando pouco, idênticas são as dificuldades e asdespesas que tenho para visitá-lo. Com muito sacrifício, só posso fazê-lo aos domingos porque labuto,inclusive aos sábados, para auxiliar no sustento e educação do restoda família. Felizmente conto com o meu inseparável companheiro, que desempenha,para mim, importante papel de amigo e conselheiro espiritual. Se você ainda não sabe, sou a mãe daquele jovem que o seu filho matouestupidamente num assalto a uma vídeo locadora, onde ele, meu filho,trabalhava durante o dia para pagar os estudos à noite. No próximo domingo, quando você estiver abraçando, beijando e fazendocarícias no seu filho, eu estarei visitando o meu e depositando floresno seu humilde túmulo, num cemitério da periferia de São Paulo... Ah! Ia me esquecendo: e também ganhando pouco e sustentando a casa,pode ficar tranqüila, viu? que eu estarei pagando de novo, o colchãoque seu querido filho queimou lá na última rebelião da Febem. No cemitério, nem na minha casa, NUNCA apareceu nenhum representantedestas 'Entidades' que tanto lhe confortam, para me dar uma palavra deconforto, e talvez me indicar 'Os meus direitos' !'

domingo, 7 de dezembro de 2008

Papai Noel é o gigante - Golias - do Natal.

Papai Noel é o gigante Golias do Natal. Ele afronta ao Exército do Deus Vivo. Nesta época do ano, por onde passo, escuto as gargalhadas do velhinho e vejo enfeites por todo lado celebrando ao Papai Noel. Ele virou o deus da época de dezembro, assim como o coelhinho virou o deus da época da Páscoa. Parafraseando I Samuel 17: "Quem és tu Papai Noel para se destacar querendo ser a estrela no lugar no Deus vivo?" Mas nos vamos contra ti, em nome do Senhor que é o dono da festa de Natal! Davi lutou com Golias usando seu alforge e pedrinhas, é o que eu estou tentando fazer com caneta e papel - ou melhor com o computador. Davi lutou por Deus e para Deus, e não por uma causa própria apenas, é isto que estou tentando fazer também. Assim, "todos os que estão aqui saberão que não é por espada ou por lança que o Senhor concede a vitória; pois a batalha é do Senhor, e Ele entregará todos vocês em nossas mãos." 1 Samuel 17:47.
Então vou comemorar o nascimento de Jesus sim! Vou celebrar o Natal:
* Com muitas luzes, pois Jesus é a luz do mundo!
* Com presentes, pois Jesus é o presente de Deus para todo aquele que quer ser salvo.
* Com presépios, pois ele é a representação da cena central do natal: o nascimento do Filho de Deus!
* Com anjos, pois um anjo trouxe a mensagem de Deus à Maria e a José anunciando o nascimento do Messias. Apareceram também aos pastores como um exército celestial, louvando a Deus: - “Glória a Deus nas alturas, paz na terra entre os homens a quem Ele quer bem! ”
*Com estrelas, ela serviu de sinal quando Jesus nasceu guiando os magos que vieram do oriente. A estrela é um sinal de que o Salvador, que é Jesus, o Senhor já nasceu.
* Com alegria e paz, pois eu recebi o Salvador em minha vida: “Deus nos amou e mandou seu filho, para que, pôr meio Dele os nossos pecados fossem perdoados” 1 João 4:10.
Sai prá lá Golias, quer dizer - Papai Noel - eu vou festejar esta festa tão importante para os cristãos.
E, se Jesus Cristo é o Senhor da sua vida também, eu posso lhe desejar: Feliz Natal! E um próspero ano novo!

Alexa Guerra.

sábado, 6 de dezembro de 2008

O ciclo de vida em sua familia é a recompensa que você terá pela obediência a Deus!

SALMOS 128.1-6:

"Feliz aquele que teme a Deus, o SENHOR, e vive de acordo com a sua vontade! Se você for assim, ganhará o suficiente para viver, será feliz, e tudo dará certo para você. Em casa, a sua mulher será como uma parreira que dá muita uva; e, em volta da mesa, os seus filhos serão como oliveiras novas. Quem teme ao SENHOR certamente será abençoado assim. Que, lá do monte Sião, o SENHOR o abençoe! Que, em todos os dias da sua vida, você veja o progresso de Jerusalém! E que você viva para ver os seus netos! Que a paz esteja com o povo de Israel!"

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Alerta Virus - cuidado pessoal!

Atenção amigos: caso vocês recebam um e-mail meu com um suposto convite não abram o download, pois pode ser virus! Infelizmente meu e-mail foi invadido.
Alexa.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

O que será que Deus vai perguntar aos pais... Naquele dia...

Deus não vai perguntar se vocês andaram na moda. Deus está mais preocupado com os nossos adornos internos: não quer que a gente guarde amargura, que a gente alimente pensamentos ruins.
Não acho que Deus vai perguntar que tipo de carro você dirigiu. Acredito que Ele perguntará se você apostou corrida com seu filho, se fez um desenho, e se de lhe deu uma amizade alegre.
Deus não vai perguntar o tamanho da sua casa. Ele vai perguntar quantos colegas do seu filho você recebeu nela.
Deus pode não perguntar se você trabalhou muito, mas pode perguntar se você descontou suas frustrações e cansaço em sua família.
Deus já sabe que você cometeu erros com o seu filho, o que Ele pode lhe perguntar é se você pediu perdão quando errou e se procurou mudar de atitude.
Deus não vai perguntar quanto vale seu tempo, mas Ele pode perguntar se você ajudou seu filho a fazer a lição. Se você o buscou na escola. Se você foi assistir a sua apresentação.
Deus não vai perguntar o que aconteceu na novela, mas vai te perguntar se você mostrou a seu filho como juntar as mãos e orar, se você ensinou o seu coraçãozinho a amar a Palavra de Deus.
Creio que Deus não deve perguntar qual era a sua posição social ou quanto pagou a uma babá, mas vai querer saber se foi você quem educou e inspirou seu filho.
Talvez Deus não vá perguntar quantos filhos você teve. Mas Ele vai perguntar quantos filhos você realmente criou e se você foi pai ou mãe de verdade!
Deus quer saber se seu filho pode se espelhar em você!
Deus vai perguntar se você perdeu seu filho para o mundo, ou se o ganhou para Deus!
Deus quer saber se o coração dos pais está voltado para os filhos, e se o coração dos filhos está voltado para os pais.
E por fim, Deus vai querer saber como você amou o ser humano que Ele colocou em suas mãos.
E o melhor de tudo é que há tempo para recomeçar, hoje, agora! Pois, amanhã pode ser o seu dia de responder essas perguntas para Deus...
Senhor ajuda-nos! Transforme e mude completamente a nossa mente!
“Ensina-nos a contar os nossos dias, para que o nosso coração seja sábio.” Salmos 90:12.

Alexa Guerra.
Blog: alexaguerra.blogspot.com E-mail:
alexaguerra76@hotmail.com

Pesquisa Google

Google