sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Texto coletivo, escrito por meio da dinâmica das mãos, realizada na formação de gestores das escolas municipais de Guarapari em 28 de janeiro de 2016.

O poder da visão é a capacidade de sonhar” e esta é uma declaração dos sonhos e metas dos gestores para a educação pública em nosso município e do como poderemos alcançá-la:

A educação pública que queremos...
É humanizada, libertadora, possibilita o sonhar; para tal, estimula a autonomia e a confiança.
É valorizada, qualifica o aluno para ser um cidadão do mundo; preparado para a vida, para o trabalho e para ser uma pessoa do bem.
É inovadora, tem comprometimento; mas muito inovadora e comprometida!
Promove e investe na pesquisa, na ciência e na tecnologia.
Capacita os alunos para o mercado real com condições de competição iguais.
Tem um olhar carinhoso com o aluno, amando o outro como desejo ser amado. Respeita a individualidade. Motiva o aluno.
Tem sustentabilidade nas relações! Organiza o ambiente para que seja acolhedor e incentivador.
A educação pública que queremos é muito dedicada e amorosa! Tem muito, muito amor mesmo! Ela atende as necessidades de todos os envolvidos. Reconhece as diferenças. Cria possibilidades. Tem famílias que também amam a educação pública. Que participam e investem em seus filhos. Esta educação deve ultrapassar os muros da escola.
A educação pública que queremos é humanizada, sem desigualdades. É flexivel, responsável, honesta, dinâmica; é transformadora. Tem organização, atitude, afeto, sucesso e realizações. Promove a paz e a harmonia; mudando o modo como olhamos para o aluno e para o companheiro de trabalho.
Inclui aulas criativas e motivadoras que atendam nossos alunos.
É uma educação de comprometimento, com visão de futuro, capaz de realizar. Para tal, a educação que queremos tem equipamentos e estrutura física adequada.
A educação pública que queremos é de qualidade e prepara o aluno para construir um mundo feliz. Possibilita a formação integral do ser humano, pois vai além da sala de aula...

Como vamos construir esta educação? O que cada um de nós pode fazer com as próprias mãos para alcançar as metas acima almejadas?
Vamos encher o peito de sonhos e a mente de realidades, colocar a mão na massa e fazer a educação acontecer, fazendo o aluno acreditar na escola e a escola acreditar no aluno.
Vamos executar a tarefa de gestor com amor, competência e respeito pelo outro. Com trabalho, amor e compromisso pessoal.Tendo consciência da importância desta função perante a comunidade escolar.
Para alcançar a educação que sonhamos vamos atuar com equilíbrio nas áreas administrativa e emocional, visando sustentar as relações. Como? Valorizando os funcionários, pais e alunos. Sendo positivo e contagiando toda a equipe.Trabalhando lado a lado com a equipe, juntos, em unidade, a fim de promover um resultado pedagógico satisfatório.
Vamos trabalhar a articulação de toda a comunidade escolar para que seja estabelecido um vínculo forte e eficaz entre corpo docente, discente, sistema e os outros segmentos desta comunidade, para que coletivamente e de forma responsável possamos garantir uma verdadeira unidade escolar, ou seja, uma escola para a comunidade.
Vamos construir esta educação com atitude e coragem. E escolher nossos representantes com responsabilidade. A qualificação e o comprometimento devem andar juntos, para que essa educação de qualidade aconteça. Buscando informações dedicando-se ao estudo.
Temos que buscar meios para melhorar o espaço físico para que seja cada vez mais adequado e equipado.
O que mais podemos fazer? Faremos um trabalho de sensibilização sobre a importância do estudo na vida dos alunos. Podemos trabalhar o lado afetivo dos alunos e suas relações interpessoais. Desenvolver projetos sobre cidadania, ética e moral, dentre outros. Estimular a autoestima e incentivar o desenvolmvimento de seu potencial.
Sabedores de que a recompensa do trabalho vem de Deus “Ele verá o trabalho... e ficará satisfeito.”
E não podemos paralisar diante da dependência do outro para executar algo!
Para construir a educação pública que queremos é preciso zelar pela garantia do tempo pedagógico do aluno. E estimular aulas atrativas e inovadoras, voltadas para a atualidade. Com envolvimento, união, ação, respeito, amor... muito amor!
Emfim, seguiremos acreditando na educação, dando o nosso melhor e alimentando a esperança; sabedores de que a educação pública que queremos construímos com nossas mãos dadas.  


Autores: Mercedes, José Ricardo, Gia, Maria Lúcia, Ivanete, Alessandra, Thiago, Simone, Lúcia Helena, Jair, Adriana, Gilmara, Nádia, Patrícia, Adriana, Parasceves, Josiane, Simone, Fernanda, Marina, Fabíola, Marta, Enizabel, Andrea, Ana Lúcia, Valéria, Rosângela, Penha Rossato, Benilda, Marcia, Lourdes, Cecília, Ronaldo, Angêla, Aleksandra, Glauner, Irany, Alexandra.
Com fé e esperança, Alexandra Guerra & Equipe da Formação Continuada da Secretaria Municipal de Educação/Guarapari/ES.



Foto: Equipe de gestores das Escolas Municipais de Guarapari. Em: 28 de janeiro de 2016.


Postar um comentário

Pesquisa Google

Google