quarta-feira, 27 de junho de 2012





É honesto reconhecermos o mal no mundo; mas é desonesto fazê-lo para justificar nosso próprio desprezo pelo bem. 
Muitos que correm a denunciar o sentimentalismo "gospel" são, infelizmente, mendigos morais que desenvolveram uma afeição à sarjeta, e que não querem admitir a existência da alegria, para não admitir seu fracasso em alcançá-la.
O amor pela verdade e pelo bem deve ser forte o suficiente para nos levar à indignação contra a injustiça, mas para isso teremos que nos ajoelhar diante do bem, crer em sua verdade e nos alegrar em sua beleza.
  • (Guilherme  de Carvalho - meu oráculo).
Postar um comentário

Pesquisa Google

Google