terça-feira, 25 de outubro de 2011

Faltam crianças e sobram interessados em adoção

O Cadastro Nacional Adoção, divulgado na última quinta-feira, 13, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), apontou que o número de pessoas interessadas em adotar é cinco vezes maior que o número de crianças e adolescentes à espera de uma nova família. O cadastro aponta que para adoção estão inscritos 4,9 mil crianças e adolescentes e o número de pretendes é de 26.936 pessoas. Para o CNJ os fatores que dificultam o processo de adoção é o perfil que os pretendentes exigem: crianças ou adolescentes brancos e na faixa etária de até 3 anos. Há também a indisposição em adotar grupos de irmãos. 
(Correio de Uberlândia, pg. A7 – 17/10/11) 

Postar um comentário

Pesquisa Google

Google