segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Contos de fadas contribuem para o amadurecimento emocional

Mais do que entretenimento, as bruxas, fadas e princesas dos contos de fadas proporcionam às crianças um caminho para o crescimento intelectual e emocional. Os contos de fadas falam dos sentimentos humanos, como amor, ódio, inveja, ciúme, rejeição e tantos outros. A psicanalista Heloisa Marton, do Centro de Estudos Psicanalíticos da Relação Mãe, Bebê e Família, afirma que os contos de fadas são uma maneira simbólica de resolver conflitos. A representação desses sentimentos nos textos facilita a compreensão dos pequenos. A estrutura fixa dos contos de fada, por sua vez, faz com que as crianças se identifiquem com os personagens e, consequentemente, com seus problemas e emoções. A professora de Psicologia da PUC-SP e psicanalista, Izabel Kan, explica que a criança, ao ouvir as histórias ensaia papéis e sabe que para encontrar uma solução no enredo, o herói terá de passar por renúncias e vence desafios até descobrir os caminhos para o amadurecimento. A moral da história? Ler contos de fadas para os pequenos faz bem. 
(O Tempo, pg 6 – Beth Caló, 09/10/11)
Postar um comentário

Pesquisa Google

Google