quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Lutamos por justiça, não por lucro.

A Escola Pública ainda é uma das poucas chances de combate às desigualdades sociais, econômicas e educacionais; por isto, quem se acha bem em uma destas áreas raramente luta pelo ensino público de qualidade. A "Pedagogia do Oprimido" ainda está engatinhando em nosso país. E como o visionário Paulo Freire advertiu - quando o oprimido consegue se libertar na maioria das vezes passa a ser o opressor. Aí fica difícil quebrar este ciclo né gente?! Por isto, temos que escolher um lado na vida: ou se luta por justiça ou por lucro! Por que um lado liberta e o outro escraviza. Um humaniza outro demoniza.
Postar um comentário

Pesquisa Google

Google