domingo, 12 de maio de 2013

Para todas a mães, meu reconhecimento com todas as honras:


Mãe as palavras não são suficientes na hora de lhe agradecer!  Quando tanta vida está envolvida, tanto amor, sangue, pele, alma, espírito; minhas palavras não dão conta mesmo! Então, mesmo diante da impotência de ser filho, é com a humildade de quem nunca vai conseguir retribuir, que lhe agradeço assim mesmo. Mil gratidões minha mãe! Origem da minha essência e da minha existência.


Alexandra Guerra. 
Imagem: Rodolfo Bahiana.

Postar um comentário

Pesquisa Google

Google