segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Jardins - mensagem de Reflexão, positividade, incentivo, motivação.

Minha cabeça está cheia de jardins. Para mim, foi Deus quem plantou eles aqui dentro. Imagine aquele terreno onde se cultivam árvores, flores e plantas... Perfume, beleza, paz... é deste jardim que estou falando.
Os eventos mais importantes acontecem em um jardim.
Deus plantou um jardim no Éden, e pôs nele o homem que havia formado, (Gn 2:8). Nele havia lindas árvores, alimentos e um rio que o regava. Esse rio se repartia em quatro braços. Deus colocou o homem lá para cultivá-lo e guardá-lo. O próprio Deus andava por este jardim.
O pecado original e a morte espiritual da raça humana tiveram início no jardim.
A redenção e a vida eterna também se originaram no jardim. Pois, no lugar onde Jesus havia sido crucificado, sepultado e ressuscitado, existia um jardim. (João 19:41).
Como Maria Madalena suponho que Jesus seja um jardineiro Mestre, (João 20:15) creio que Ele me conhece e me chama pelo nome.
Descobri a pouco, outro motivo, porque quando estou em um lugar assim, cheio de plantas e flores me sinto mais perto de Deus; é porque tudo o que nasceu ali teve primeiro que morrer para si mesmo, para então depois nascer. "O que semeias não nasce, se primeiro não morrer." (1 Co 15:36). A semente morre para então resultar em um novo corpo que Deus lhe dá.
Tem tantas coisas em nós que precisam morrer: Corrupção, desonra, fraqueza... e quando elas morrem em um jardim é maravilhoso, pois podem ser transformadas e nascer de novo! Deus dá ao grão o corpo apropriado, como diz em 1 Co 15:42- 44 :"Pois assim também é a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo na corrupção, ressuscita na incorrupção. Semeia-se em desonra, ressuscita em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscita em poder. Semeia-se corpo natural, ressuscita corpo espiritual."
Desejo viver rodeada por um jardim. Por isso, estou investindo em sementes onde estou plantada.
Jesus disse que Ele é a videira, e o Pai do Céu é o agricultor. (João 15). Nós que cremos nele somos os ramos, se não dermos frutos Ele nos corta. Simples assim. E todo ramo que dá fruto, Ele limpa, para que produza mais fruto ainda. Os ramos só podem dar frutos se estiverem ligados na videira, e dela extraírem seiva da vida. O ramo que não estiver ligado na videira, secará e será lançado no fogo. Elementar assim.
Prefiro estar no jardim a estar no fogo!
O Pai me cultiva. Eu sou o ramo. Jesus a parreira que produz uva.
Então, como diz a música de crianças, sou mesmo uma florzinha de Jesus!

Alexandra Guerra :-)
____________________
Postar um comentário

Pesquisa Google

Google