segunda-feira, 4 de julho de 2011

Sempre digo ao meu filho:

"Não há nada que você possa fazer para eu te amar menos."
Postar um comentário

Pesquisa Google

Google