quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Uma prática educativa que imponha as verdades sobre as pessoas, sem prepará-las para raciocinar, torna-se uma forma de manipulação, que não resulta numa apropriação pessoal dessas verdades e, consequentemente, implicará em negação das mesmas ou obediência cega. Esse tipo de educação gera conformação superficial, perda de vitalidade e alegria ao invés de transformação e obediência amorosa. “...A  letra mata, mas o espírito vivifica”.
Postar um comentário

Pesquisa Google

Google