terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

"Infância, o Melhor Tempo para Semear."

 “Que virá a ser, pois, este menino?” Lucas 1:66b
 “Perguntaram a um menino em uma favela de São Paulo: O que você vai ser quando crescer? Ele respondeu: _Bandido ou missionário, depende de quem chegar primeiro.”
O que nossos meninos e meninas vão ser? Essa é a pergunta que ecoa em nossos lares, ruas e cidades... Onde estão os apascentadores de crianças? Onde estão os que plantam boas sementes na infância? Será que se acham sem tempo, sem visão, sem preparo ou envolvidos demais com os afazeres do dia-a-dia?
Temos abortado as sementes na infância e perdido as flores e os frutos. O mundo está com poucas flores, poucas cores, perfume e beleza; pois as sementes foram abortadas. O mundo está com fome de Deus, os frutos são poucos, insuficientes, pois as sementes não foram plantadas na fase ideal. Algumas sementes foram plantadas tardiamente, nasceram fora de época, raquíticas se esforçam muito para crescer. Seus frutos são poucos atraentes e escassos, faltaram-lhes as condições ideais para crescer. Outra parte da semente foi semeada em boa terra, rompeu e nasceu. Fez-se bela e forte, gerou flores e frutos. Tornou-se planta viçosa. Deu boa colheita, de trinta, sessenta e cem por um. Perfumou, embelezou, alimentou e gerou outras sementes. “Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça.” Mt 13.9. Invista sementes na infância e garanta o sucesso da semeadura!
O que se encontra no início da vida de  pessoas felizes e abençoadas - é um jardineiro que semeou fontes de vida em sua infância. A Bíblia diz: “Como são felizes os que obedecem aos seus estatutos e de todo coração o buscam! Com tua mão vem ajudar-me, pois escolhi os teus preceitos.”  Sl 119. 2, 173.
A semente da vitória está na infância. Por isso, você encontrará neste livro princípios e sugestões que podem mudar e resgatar esta geração de pais, professores e crianças; pois eles foram extraídos de princípios da Palavra de Deus e aplicados às nossas necessidades e ao contexto no qual estamos inseridos.
Estou semeando as sementes da minha mais alta esperança no solo fecundo da infância. Escrever essas coisas só para publicar um livro seria loucura! Meu sonho é que tudo o que eu semear aqui contribua para seu jardim. Tudo que a gente faz tem que produzir frutos saborosos ou seria perda de tempo.
Parece-me que Deus gosta de jardins, foi lá que Ele colocou o primeiro casal. Jardins combinam com crianças, é uma ótima imagem ao se tratar da infância. Só temos um jardim se houver o cuidado do jardineiro, semeando e cuidando com o zelo de cada plantinha. O jardim depende do jardineiro, sem seus cuidados ele viraria matagal.
Venha comigo jardineiro, eu lhe convido! Vamos semear boas sementes na infância e garantir a vitória.

Texto de Alexandra Guerra extraído de seu livro "Infância, o Melhor Tempo para Semear." Editora Betânia.
Postar um comentário

Pesquisa Google

Google