ESCOLA DE PAIS- gratuito!

Manual para escola de Pais
GRATUITO!
Reprodução e uso (do material abaixo) permitido!

A infância é o melhor tempo para semear. Você é o jardineiro. Cuide bem de seu jardim, afinal você vive nele.
Apresentação
Este manual apresenta uma proposta inovadora para atender aos pais do século XXI. Ele é prático, simples, dinâmico e objetivo, onde os encontros com os pais não serão uma aula comum, mas sim um tempo para depoimentos e testemunhos,  relatos das tarefas e leituras propostas aqui, um lugar onde os pais serão ouvidos e guiados. Esta será uma escola bem diferente, basta seguir as orientações deste manual, preparando-se de acordo com  o que está sugerido aqui.
Este manual nasceu das várias classes de pais que já fiz. Ele está  relacionado  ao meu livro "Infância", que e o material didático desta classe. 



Título: Infância: O Melhor Tempo Para Semear
Autor: Alexandra Guerra.
Editora Betânia.

Sinopse: QUE TIPO DE SEMENTE VOCÊ ESTÁ PLANTANDO NA VIDA DAS CRIANÇAS?
Todos nós planejamos um belo futuro para os nossos filhos. Queremos vê-los crescer com saúde, exercerem uma profissão que lhes garanta conforto e tranqüilidade, terem um excelente casamento e uma vida equilibrada e bem-sucedida em todas as áreas. Mas será que temos nos preocupado igualmente com a vida espiritual das nossas crianças? O que temos feito para incutir na mente e no espírito delas os princípios espirituais que os guiarão em seu relacionamento com Deus? Se você é professor ou educador, o que tem feito para influenciar positivamente os pequeninos, contribuindo para o seu desenvolvimento mental, social e, principalmente, espiritual?
A autora deste livro desafia e encoraja pais, mães e educadores a observar com todo o cuidado que tipo de sementes estão semeando. Comparando o tempo da infância a um solo fértil, ela apresenta princípios fundamentais, extraídos da Palavra de Deus, para que você possa fazer um bom plantio, a fim de, futuramente, garantir uma abundante colheita na vida das crianças. Além disso, ela trata de outros assuntos importantes como dedicação aos filhos, o exemplo dos pais, amor, disciplina, liberdade, limites e vários outros temas que ajudam os pais e os professores a investirem na vida das crianças com sabedoria e responsabilidade.
Infância: O Melhor Tempo Para Semear é um convite para plantar sementes de vitória na vida de seus filhos e/ou alunos, regar com suas orações e esperar em Deus uma grande colheita – homens e mulheres dedicados ao Senhor, capazes de transformar o mundo em que vivemos.

Formato: 13,5 x 21. Páginas : 136. Peso : 0,160 kg.
Adquira o livro no site: www.editorabetania.com.br ou pelo 0800-991822 / 0800-311822.
Ou no Pag seguro - através do Blog> http://alexaguerra.blogspot.com.br/

Programa da classe de pais.


Nesta proposta a pessoa que vai liderar a classe não deve ser um preletor ou pregador, pois ele apenas conduzirá as reuniões e dará condições para que o programa e as tarefas sejam cumpridos com qualidade e compromisso. O líder deve ser alguém com ótimo testemunho familiar, que seja um exemplo de vida cristã. Assim o Espírito Santo poderá usá-lo para conduzir as reuniões com ordem e unção.

Sugestão de programa para a classe de pais e mestres, a ser realizada na escola ou na igreja com duração de três meses, ou 12 encontros. As dinâmicas sugeridas no programa serão explicadas detalhadamente.
Todo o programa está baseado no livro: “Infância: O Melhor Tempo Para Semear”.  Editora Betânia. De Alexandra Guerra.


*      Encontro 1. Data ______________

Tema
Infância: tempo de semear.

Desenvolvimento.
Dinâmica do barbante (Explicação abaixo). Estaremos ligados uns aos outros neste curso assim como esta teia.

Ler o programa, explicando o funcionamento da classe com o livro “Infância” em mãos.
Para qualquer empreendimento dar certo temos que estar dispostos a assumir certos compromissos, os seus serão:
1 - Ser assíduo, pontual e levar uma Bíblia.
2- Adquirir o livro "Infância" para usar em todos os encontros.
3- Fazer as tarefas propostas na classe incluindo ler as páginas solicitadas do livro para as discussões nas reuniões. Só assim as reuniões acontecerão como planejadas.

Ler a introdução do livro “Infância.”

Propor um lanche para o próximo encontro. Ler as tarefas.

Encontro 1 - Dinâmica do barbante:
Leve um rolo de barbante. Segure o rolo enquanto você se apresenta ao grupo e fale rapidamente sobre você. Segure a ponta do barbante e jogue o rolo para outra pessoa, que deve repetir o mesmo procedimento:  A pessoa fica segurando o barbante, se apresenta, e lança para outro, que continua. No final forma-se uma teia. Diga: Estaremos ligados uns aos outros neste curso assim como esta teia.
Fale sobre suas expectativas para essa classe.


Tarefa para o próximo encontro
1- Levar comes e bebes para um lanche de comunhão. Combinar o que cada um pode levar.
2- Ler as páginas 18 a 42 do livro “Infância”.
*      Encontro 2. Data ______________

Tema
Por que a infância é o melhor tempo para semear.

Desenvolvimento.
Lanche para comunhão. (De preferência no final da reunião)

Leia o versículo da pg 18: Mateus 18:6. Ore e explique a dinâmica de hoje.

Trabalhar as páginas 18 a 42 do livro “Infância”, através da dinâmica "painel integrado".

Encontro 2 - Dinâmica: Painel integrado.
Peça aos participantes para formarem grupos de 9 integrantes (exatamente 9), com o livro "Infância" em mãos.
Cada grupo então deve numerar seus membros, atribuindo números de 1 a 9 a cada pessoa. Caso falte alguém em algum grupo peça que uma pessoa tenha dois números então.
Pergunte quem é a pessoa número 1 de cada grupo. Ao seu sinal somente esta pessoa vai falar em seu grupo, explicando o que entendeu sobre o item 1 da pagina 19 do livro. Marque 5 minutos para a pessoa falar sobre este tema em seu grupo.
Ao seu sinal, pode ser palmas, todos se calam. Peça que a pessoa número 2 de cada grupo se manifeste. Então ela faz o mesmo acima, só que desta vez com o item 2 da pagina 19. E assim por diante, até que todos os integrantes dos grupos falem cada um a sua vez e ao seu sinal.
Quando a última pessoa falar, a número 9, dê-lhes a seguinte tarefa: Cada grupo terá mais cinco minutos par resumir o que ficou mais marcante em uma frase.
Ao final se reúnam em um grande círculo e deixe que apenas um integrante de cada grupo fale a frase, concluindo o tema do dia. Anote as frases em um cartaz.


Tarefa para o próximo encontro
Ler as páginas 44 a 56 do livro “Infância”.
Copiar os
"10 princípios para as crianças serem felizes e bem sucedidas" e colar na sua agenda ou no espelho.


*      Encontro 3. Data ______________

Tema
"10 princípios para as crianças serem felizes e bem sucedidas

Desenvolvimento.
Ore. Peça que alguém leia o versículo da pg 44. Explique a dinâmica de hoje.

Trabalhar as páginas 44 a 56 do livro “Infância”, através da dinâmica "Roda Viva".

Dizer em duplas: qual foi o maior desafio para meu coração neste dia? Orar em duplas.


Encontro 3 - Dinâmica Roda Viva.
Peça aos participantes para formarem duas rodas, uma dentro da outra; com o livro "Infância" em mãos.
            Fazer dois círculos, um de frente para o outro, de pé.
            O círculo de dentro fica parado no lugar inicial e o círculo de fora gira para a esquerda, trocando de par, a cada sinal dado pelo coordenador do grupo.
            Cada dupla fala sobre o assunto indicado, durante uns dois minutos, sendo um minuto para cada pessoa. O coordenador vai indicando um princípio para cada dupla, seguindo os "10 princípios para as crianças serem felizes e bem sucedidas", que estão na página 48 e 49 do livro "Infância". Antes de passar a palavra para as duplas, leia  o versículo que fundamenta cada princípio, citado no livro. Assim cada dupla vai conversar sobre um princípio.
            O círculo de fora vai girando, como uma roda viva, até chegar ao par inicial.
            Depois deste trabalho, realiza-se um plenário, onde as pessoas apresentam conclusões, tiram dúvidas, complementam idéias.
            Avaliação                
1.       O que descobrimos sobre o assunto?
2.      Como nos sentimos durante a dinâmica?
3.      O que foi positivo?
4.      Que ensinamentos podemos tirar para o grupo?

Tarefa para o próximo encontro

Elabore e leve por escrito, três perguntas sobre as páginas 57 a 64 do livro “Infância”.



*      Encontro 4. Data ______________

Tema
Crianças precisam  ser apascentadas.

Desenvolvimento.
Leia o versículo da pg 57.  Ore.

Peça que cada pessoa coloque as  perguntas que fez por escrito em um saco. Sorteie uma para ser respondida por você ou por alguém que você convidar para este fim. Prossiga assim.

Leiam o plano de salvação na pg 58 e faça o convite aos pais para seguir a Jesus. Orem.

Resumam com uma frase o encontro de hoje.

Tarefa para o próximo encontro
Ler as páginas 65 a 73 do livro “Infância”. Escolha uma das sugestões da pg. 67 para fazer com seus filhos e conte como foi em nosso próximo encontro.

*      Encontro 5. Data ______________

Tema
Ame, incondicionalmente.

Desenvolvimento.
Compartilhar rapidamente em duplas relatar como foi a tarefa que realizaram da pg. 67. Terão cinco minutos para esta atividade.

Conversar nestas mesmas duplas, durante 10 minutos, sobre as páginas 65 a 73 do livro “Infância”.

Dinâmica: "Fale bem e fale de mim!"

Cada casal deve fazer um cartão, só com elogios, e levar para os filhos. Leve para o encontro todo material necessário.

Encontro 5 - Dinâmica "Fale bem e fale de mim".
Os participantes devem formar duplas com alguém que conheçam bem pouco.
A tarefa  é: falar com seu par sobre as qualidades do(s) seu(s) filho(s). Deve ser bem rápido. Só vale falar características boas da pessoa.
Depois procuram outra pessoa e prosseguem a dinâmica. Peça que troquem de duplas várias vezes ao seu sinal.
Reúnam-se e conversem sobre o que aconteceu  e como foi todo o processo, etc. Foi difícil ou fácil falar bem dos filhos e porque.


Tarefa para o próximo encontro
Entregar o cartão para os filhos.
Ler as páginas  82 a 89 do livro “Infância” e levar por escrito três motivos para se disciplinar as crianças, com base bíblica.


*      Encontro 6. Data ______________

Tema
Como disciplinar os filhos.

Desenvolvimento.
Ore. Peça que alguém leia o versículo da pg 44.
Explique a dinâmica de hoje. Veja abaixo.
Façam a auto avaliação por escrito.
Se houver tempo sugiro que assistam o vídeo "Varinha mágica" no DVD "Os brunecos" veja em bibligrafia.

Encontro 6 - Dinâmica: Vozes internas.
                                      
Convide os participantes a pensarem no que seu pai ou a sua mãe  pensam deles.  Deve imaginar o que esta pessoa fala e pensa deles. Lembrando do seu modo de falar, na voz, etc.
Peça que conversem uns com os outros andando pela sala, falando sobre si mesmos, como se fossem seus pais falando sobre eles. Ou seja, como se fosse sua mãe ou seu pai  falando dele.
Depois de algum tempo peça que se assentem e ponha em discussão:
Como se sentiram falando de si mesmo como se fosse outra pessoa?
Até que ponto já ouviram uma voz interna falando aquelas coisas e se fizeram algo a respeito?
Com quais dessas coisas concordam e de quais discordam e por quê?
Qual a importância do que você fala para seus filhos?
Como o que você é, seu caráter, interfere em seus filhos?


Tarefa para o próximo encontro
Crie outro título para o capítulo 13 das páginas 90 a 99 a  do livro “Infância”.


*      Encontro 7. Data ______________

Tema
A capacidade de tomar decisões.

Desenvolvimento.
Cada participante deve compartilhar com todo grupo os títulos que criaram para o capitulo 13 do livro.

Conversar sobre as páginas 90 a 99 a  do livro “Infância”.

Tarefa: Escolha uma das sugestões da pg 94 e escreva como você pode aplicá-la com seu(s) filho(s).

Tarefa para o próximo encontro
Vá lendo e grifando nas páginas 100 a  105 do livro “Infância”, as principais necessidades hoje de seu(s) filho(s).


*      Encontro 8. Data ______________

Tema
Atenda as necessidades de cada etapa.

Desenvolvimento.
Conversar sobre as páginas 100 a  105 do livro “Infância”.

Tarefa: Descreva quais as principais necessidades hoje de seu(s) filho(s).
Como você pode atender a essas necessidades durante esta semana

Tarefa para o próximo encontro

Fazer um passeio em família, para um lugar onde possam se divertir juntos.
Ler as páginas 106 a 115 do livro “Infância”, e marcar as frases que acharem interessantes.


*      Encontro 9. Data ______________

Tema
Crianças são como flechas.

Desenvolvimento.
Ouvir de alguns voluntários qual foi a importância do passeio em família.

Em duplas compartilhar as frases que marcaram na tarefa de casa, explicando porque escolheram estas.

Dinâmica: Vozes internas.

Ler os versículos citados nas paginas 106 e 111. Orar.

Tarefa para o próximo encontro
Ler as páginas 126 a 130 do livro “Infância”.
Levar uma flor ou vaso de planta para ser usado no próximo encontro em um tipo de amigo oculto.


*      Encontro 10. Data ______________

Tema
Crianças e semeaduras.

Desenvolvimento.
Ler as pgs129 e 130 do livro “Infância”.

Faça um sorteio entre os participantes onde cada um tira um nome de alguém que está presente e então lhe entrega a planta que trouxe. Diga que a planta será para lembrá-los que devem cuidar da família como uma flor delicada.

Conversar sobre as páginas 126 a 130 do livro “Infância”.


Tarefa para o próximo encontro
Escreva o que mudou em você e em sua família durante estes encontros.


*      Encontro 11. Data ______________

Tema
Avaliando os resultados.

Desenvolvimento.
Avaliação do curso. (Ver anexos). Auto avaliação.
Escrever e compartilhar testemunhos.
Escolham alguns testemunhos para serem falados no dia da formatura.
Caso haja tempo fazer a dinâmica: Família ideal. Para isso, você pode convidar os filhos. Ou um lanche.


Encontro 11 - Dinâmica Família ideal.
Obs: Se houver tempo de fazer esta dinâmica, o ideal é que se convidem os filhos para participarem.

Material
Oito corações de papel; em cada um deles deve esta escrito uma característica da família ideal, sugestões: comunicação, respeito, cooperação, união, compreensão, fé , amizade, amor.
Três pessoas para serem os juízes das tarefas.
                                                     
Desenvolvimento
1- O orientador convida os presentes a formarem, espontaneamente, equipes em número não inferior a cinco pessoas. Escolhem um nome de família e ouvem as regras da dinâmica.
A dinâmica consiste em descobrir a equipe que melhor reflete as características de uma  família ideal. Para isso, todos devem enfrentar uma série de provas. Para algumas, são concedidos vários minutos de preparação. Outras, porém, devem ser realizadas de imediato. A família (equipe) que vence uma prova, recebe um coração. As últimas atividades realizam-se em conjunto (duas equipes se unem).
2- O orientador vai propondo  as equipes as diferentes provas:
            a) A família que chegar  primeiro junto a ele, com a lista de todos os seus integrantes, recebe o coração da - Comunicação.
            b) A família que melhor representar uma cena familiar, recebe o coração do - Respeito. Dispõem de quatro      minutos para  a preparação desta prova.
            c) A família que conseguir formar primeiro uma roda de crianças, recebe  o coração da - Cooperação.
            d) A família que conseguir escrever primeiro cinco características para uma família ser feliz, recebe o coração da - Compreensão.
            e) A família que melhor representar, através da mímica, um ensinamento de Jesus, recebe o coração do -  Amor. As equipes dispõem de quatro minutos para preparar esta prova.
            f) As famílias (nesta prova, trabalha-se em conjunto com outra equipe) que apresentarem a Miss ou o    Mister            mais barrigudo (usam-se roupas), recebem o coração da União. As equipes dispõem de três           minutos para se preparar.
            g) As famílias (as mesmas equipes em conjunto) que apresentarem o melhor conjunto vocal, recebem o     coração da - Amizade. As equipes dispõem de quatro minutos para se preparar.
            h) As famílias (as mesmas)  que apresentarem o melhor “slogan” pela igreja, recebem o coração da Fé. Dispõem de quatro minutos para se preparar.
3- Em equipe avalia-se a experiência:
. Para que serviu a dinâmica ?
. Como cada um se sentiu durante o exercício?
. Como foi a participação de sua equipe?
. De que maneira podemos associar a dinâmica à nossa vida em família?
. Que podemos fazer para que haja mais integração em nossas famílias?


Tarefa para o próximo encontro


*      Encontro 12. Data ______________

Tema
Formatura e confraternização.

Desenvolvimento.
FORMATURA (no culto, festa da escola ou em uma reunião especial), com testemunhos e entrega de certificados.

Fim!

Outras sugestões para a classe de pais:
* Orem em todas as aulas, pela reunião, pelos participantes e suas famílias.
* Leve sempre perguntas direcionando a discussão para os temas levantados no livro.
* Mural. Faça um cartaz com espaço suficiente para escrever uma frase referente a cada encontro da classe. Então, ao final de cada aula peça aos participantes para formular uma frase ou palavra chave para resumir o ensino mais forte de cada encontro. Assim, vocês terão um apanhado geral do aprendizado. Apresente o mural no dia da formatura.
* Leve brindes, livretos e revistas para sortear entre aqueles que chegaram no horário certo ou que fizeram as tarefas e leituras da semana.
* Comece a reunião no horário combinado. Não espere pelos atrasados, mas sim honre os pontuais. Seja exemplo em tudo.
* Prepare-se bem para cada encontro e realize as dinâmicas sugeridas.
* Prepare a formatura com muito capricho. É uma grande oportunidade compartilhar testemunhos e divulgar a próxima classe de pais.




Outras idéias e sugestões
* Divulgue a classe distribuindo convites. Sugestão de convite abaixo.


Convite para você, o semeador.

A Classe para pais vai começar! E você é nosso convidado especial!
Vale a pena investir na infância! Nosso filho é nosso maior tesouro!
A partir do dia ____________ Horário: __________
É um curso de apenas três meses de duração.
Venha e convide seus amigos. Agarre esta chance de investir em sua família.

Esperamos por você! Atenciosamente, __________________________
Local:
Endereço:






Carta convite para os pais
Queridos pais,
Só investimos naquilo que é prioridade e importante para nós. E no topo desta lista estão nossos filhos. Este é um convite para você investir no que tem de mais valioso: seus filhos. Venha participar de nossa classe de pais, ela acontecerá no período de ____ de ____________ a ____ de __________. Sempre nos(as) ______________ (dia da semana), de ____h (9h) às ____ h (11h).
Local: ____________________________
Contatos com: ____________________

            Para qualquer empreendimento dar certos temos que estar dispostos a assumir certos compromissos, os seus serão:
1 - Ser assíduo, pontual e levar uma Bíblia.
2- Adquirir o livro "Infância" para usar em todos os encontros. (Veja como adquirir abaixo).
3- Fazer as tarefas propostas na classe.
Só isso, e a sua família nunca mais será a mesma.
Vale a pena investir em seus filhos? Claro que sim! Então, esperamos por você com alegria e esperança.
Atenciosamente,  __________________________

Livro que será seguido na classe:
Título: Infância: O Melhor Tempo Para Semear
Autor: Alexandra Guerra.

Sinopse: QUE TIPO DE SEMENTE VOCÊ ESTÁ PLANTANDO NA VIDA DAS CRIANÇAS?
Todos nós planejamos um belo futuro para os nossos filhos. Queremos vê-los crescer com saúde, exercerem uma profissão que lhes garanta conforto e tranqüilidade, terem um excelente casamento e uma vida equilibrada e bem-sucedida em todas as áreas. Mas será que temos nos preocupado igualmente com a vida espiritual das nossas crianças? O que temos feito para incutir na mente e no espírito delas os princípios espirituais que os guiarão em seu relacionamento com Deus? Se você é professor ou educador, o que tem feito para influenciar positivamente os pequeninos, contribuindo para o seu desenvolvimento mental, social e, principalmente, espiritual?
A autora deste livro desafia e encoraja pais, mães e educadores a observar com todo o cuidado que tipo de sementes estão semeando. Comparando o tempo da infância a um solo fértil, ela apresenta princípios fundamentais, extraídos da Palavra de Deus, para que você possa fazer um bom plantio, a fim de, futuramente, garantir uma abundante colheita na vida das crianças. Além disso, ela trata de outros assuntos importantes como dedicação aos filhos, o exemplo dos pais, amor, disciplina, liberdade, limites e vários outros temas que ajudam os pais e os professores a investirem na vida das crianças com sabedoria e responsabilidade.
Infância: O Melhor Tempo Para Semear é um convite para plantar sementes de vitória na vida de seus filhos e/ou alunos, regar com suas orações e esperar em Deus uma grande colheita – homens e mulheres dedicados ao Senhor, capazes de transformar o mundo em que vivemos.
Formato: 13,5 x 21. Páginas : 136. Peso : 0,160 kg.

Adquira o livro no site: www.editorabetania.com.br ou pelo 0800-991822 / 0800-311822.



Sugestão de avaliação para a classe de pais:

“Eu avalio, tu avalias, nós crescemos”.

Solicitamos a sua colaboração respondendo as questões abaixo. Sua opinião é muito importante e servirá para aprimorar nosso trabalho.
Use o livro “Infância” para se lembrar dos temas das páginas correspondentes.

1- Qual tarefa ou leitura foi mais marcante para você e por quê?

2- Qual dinâmica você mais gostou e por quê?

3- Das tarefas solicitadas qual você achou mais difícil?  Justifique.

4- Dê algumas sugestões para melhorar as próximas classes de pais.

5- Agora escreva um ou dois parágrafos relacionando esses encontros e a leitura do livro “Infância” com seu dia a dia. Em suma como eles interferiram em sua vida.

Gostaria de receber os testemunhos e as avaliações de sua classe de pais! Por favor, envie para meu  e-mail: alexaguerra76@hotmail.com

FIM.

Bibliografia e sugestões

  
Disciplina, um Ato de Amor. Roy Lessin. Editora Betânia.
O Pai Sessenta Minutos. Rob Parsons. Editora Betânia.
100 Dinâmicas para aprender brincando.Alexandra Guerra Castanheira & Aguinaldo Castanheira. Editora SOCEP.
DVD "Os brunecos" vídeo "Varinha mágica". Actual edições. www.chamada.com.br



Sobre a autora

Alexandra Guerra

Escritora e palestrante. Graduada em Pedagogia pela UFMG; em Teologia pelo ICN e em Liderança no Instituto Haggai Brasil. Capacitadora da AECEP. Tem se dedicado, desde 1990, ao estudo e compreensão da educação, da criação de filhos e das relações familiares.  Suas palestras, livros e outros trabalhos têm despertado as pessoas para a importância das relações pais e filhos, para o crescimento espiritual, e para o significado da fé, do amor e da felicidade.
Blog: alexaguerra.blogspot.com



Para conhecer meus materiais visite nossa Loja virtual no blog com mensagens sobre educação.
Blog: alexaguerra.blogspot.com


ANEXOS - SUGESTÕES.

O que será que Deus vai perguntar aos pais... Naquele dia...

Deus não vai perguntar se vocês andaram na moda. Deus está mais preocupado com os nossos adornos internos: não quer que a gente guarde amargura, que a gente alimente pensamentos ruins.
Deus não vai perguntar que tipo de carro você dirigiu. Ele deve perguntar se você apostou corrida com seu filho, se fez um desenho, e se de lhe deu uma amizade alegre.
Deus não vai perguntar o tamanho da sua casa. Ele vai perguntar quantos colegas do seu filho você recebeu nela.
Deus não vai perguntar sobre a cor da pele do seu filho. Ele vai perguntar sobre o conteúdo do seu caráter.
Deus pode não perguntar se você trabalhou muito, mas pode perguntar se você descarregou ou descontou suas frustrações e cansaço em sua família.
Deus já sabe que você cometeu erros com o seu filho, o que Ele pode lhe perguntar é se você pediu perdão quando errou e se procurou mudar de atitude.
Deus não vai perguntar quanto vale seu tempo, mas Ele pode perguntar se você ajudou seu filho a fazer a lição. Se você o buscou na escola. Se você foi assistir a sua apresentação.
Deus não vai perguntar o que aconteceu na novela, mas vai te perguntar se você mostrou a seu filho como juntar as mãos e orar, se você ensinou o seu coraçãozinho  a amar  a Palavra de Deus.
Deus não deve perguntar qual era a sua posição social ou quanto pagou a uma babá, mas vai querer saber se foi você quem educou e inspirou seu filho.
Talvez Deus não vai perguntar quantos filhos você teve. Mas Ele vai perguntar quantos filhos você realmente criou e se você foi pai ou mãe de verdade!
Deus quer saber dos seus medos e angústias, assim como, Ele quer conhecer seus sonhos e vontades.
Deus quer saber se seu filho pode se espelhar em você!
Deus vai perguntar se você perdeu seu filho para o mundo, ou se o ganhou para Deus!
Deus quer saber se o coração dos pais está voltado para os filhos, e se o coração dos filhos está voltado para os pais.
E por fim, Deus vai querer saber se você amou o ser humano que Ele colocou em suas mãos.
E o melhor de tudo é que há tempo para recomeçar, hoje, agora! Pois, amanhã pode ser o seu dia de responder essas perguntas para Deus...
Senhor ajuda-nos! Transforme e mude completamente a nossa mente! Senhor Deus “Ensina-nos a contar os nossos dias, para que o nosso coração seja sábio.”  Salmos 90:12.

Texto: Alexandra Guerra - http://alexaguerra.blogspot.com/

Sementes para Pais e Educadores


ARTIGO

Uma maneira eficaz de lutar pela redenção do ser humano é começando antes da infância, antes mesmo da gestação ... é investindo nos pais.

O que está acontecendo com as crianças hoje em dia? Sem dúvida os tempos mudaram, e as crianças também. Grande parte delas está indisciplinada, egoísta, sem respeito e até violenta. Fazem birra, comandam e envergonham seus pais, batem uma nas outras, impedem professores de desenvolverem suas aulas... A lista infelizmente é enorme! Há algo de errado com esta geração? Sim. Mas não é apenas com a geração de crianças, é principalmente com a geração de pais. O erro não é o cisco no olho do outro, mas é a trave nos nossos próprios olhos: ignoramos os princípios de Deus para esta geração! “Pois o mandamento é lâmpada, a instrução é luz, e as advertências da disciplina são o caminho que conduz à vida.” Pv 6.23.
Uma vida bem sucedida e próspera é conseqüência da obediência a Deus, em todas as áreas. Uma das áreas na qual mais temos desobedecido a Deus em nossa sociedade é na criação dos filhos. A omissão dos pais em relação à educação filhos é algo infernal e terrível. Quando os pais desobedecem a Deus e não se responsabilizam por seus filhos, toda a família entra em um ciclo de morte. (1 Samuel 2 e 3). Por isso esse assunto é tão urgente!
Quando dizemos que essa geração está rebelde e perdida, parece até que foi um ET quem criou nossos filhos. Pois quem educa essa geração? Um Et de Vargínia? Os MIB? A Matrix? Não! Quem educa esta geração somos nós: pais e professores! Ou pelo menos, deveríamos ser nós... Então a geração “salva” - a nossa - deveria saber educar bem suas crianças para que essas fossem felizes e bem sucedidas. Porque será que um filho trata mal a seus pais, mas trata com respeito os seus colegas? Porque ele não conversa com os pais, mas confia nas pessoas da rua? Por que eles desobedecem e envergonham seus pais? O que os filhos estão aprendendo com os pais? Geração “salva” que gerou filhos “perdidos”! Parece até que foi outro ser que  gerou e educou essa prole de crianças e jovens “perdidos”! Vamos assumir nossa falha e nos conscientizar que precisamos tomar as rédeas da situação, pois muitos a perderam. Vamos tirar nossas crianças das ruas, da frente da TV e dos jogos eletrônicos e das más influências.  A salvação de uma geração passa principalmente pelos pais, por isso, as famílias têm sido terrivelmente atacadas e destruídas! Quando a família falha as conseqüências são terríveis e amplas.
Vamos seguir o exemplo de Abraão e deixar para nossos filhos de herança as bênçãos que provem de um coração que ama a Deus e anda em seus caminhos.
Sejamos nós, das escolas cristãs e da igreja de Cristo a voz profética de Deus para nossa geração! Vamos resgatar nossas crianças! É nossa missão principal neste mundo como educadores. Para resgatar as crianças e jovens é preciso resgatar os pais, urgentemente! A escola de pais é um excelente meio para investir nas famílias. Apresento aqui uma proposta com um currículo simples e profundo, que irá transformar a vida das famílias, pois é um currículo baseado em princípios bíblicos. Seguindo o livro “Infância: O Melhor Tempo Para Semear” na escola de pais e mestres, você será usado por Deus como uma voz profética. Tenho recebido inúmeros testemunhos de pessoas que tem lido este livro e têm sido alcançadas e transformadas pelo Espírito Santo de Deus! Ele é apenas um método, ou seja, um caminho a nos guiar, pois o mais importante é a vida abundante da pessoa que estará sendo usada por Deus para este propósito: resgatar a geração de pais orientá-los, inspirá-los, motivá-los a investir na missão mais nobre e preciosa que eles têm nesta terra: criar seus filhos com a disciplina e os ensinamentos cristãos. (Efésios 6:4). Ou seja,  Educar os filhos numa cosmovisão cristã.
Uma das maiores preocupações que os pais cristãos expressam em nossas escolas de pais, é: como ajudar os filhos a enfrentar as influências negativas da vida? A resposta que apresento é: Educando os filhos numa cosmovisão cristã. Pois, como a bíblia diz em Romanos 3:,23 e 24: “Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus. Mas, pela sua graça e sem exigir nada, Deus aceita todos por meio de Cristo Jesus, que os salva.”(BLH). A queda afetou todas as esferas da vida! Isto inclui a educação.
Deus nos criou. Nós caímos. Nós precisamos de Deus.
De que forma a educação das crianças foi afetada pela Queda?
O que nossos meninos e meninas vão ser?
Onde estão os apascentadores de crianças?
Como a educação pode ser redimida e  corrigida pelo pensamento cristão?
Nós precisamos de Deus. Nas palavras de C. S. Lewis, “Não há terreno neutro no universo: cada centímetro quadrado, cada decímetro de segundo é reivindicado por Deus e por Satanás.”  Uma maneira eficaz de lutar pela redenção do ser humano é começando antes da infância, antes da gestação, ... é investindo nos pais.
Como eu já disse em meu livro “Infância”, às vezes me assusto com o poder que é dado aos pais e educadores de crianças pequenas. Você não se assusta?
Temos em mãos as sementes para plantar um novo ser. Gosto de semear princípios, pois eles são as fontes que movem nossas ações. Princípios são valores que, se semeados na primeira época da vida, direcionam o desenvolvimento posterior, que estará subordinado a eles. Princípios não morrem, são como sementes. Às vezes temos a impressão de que morreram, mas estão apenas adormecidas, debaixo da terra, e um dia brotam. Mas é claro que dependem das condições necessárias para romper a terra. Assim ocorre com os bebês. Tudo é novo para eles e para as crianças pequenas. E a maneira de ver as formigas, as flores, uma galinha e até uma barata depende de como estas lhes são apresentadas. Na Coréia do Sul, por exemplo, as crianças vêem os cachorros como uma possível refeição. Eu não posso nem pensar em comer meu cachorrinho! Chamamos isso de cosmovisão. Isso também acontece com a maneira de lidar com o amor, o erro, a dor, a alegria, enfim, com a vida.
O modo de lidar com a vida vai depender das sementes que foram plantadas na infância, do tipo de solo e das condições que elas têm para se desenvolver. É isso o que me assusta. É muita responsabilidade e também uma grande oportunidade que as pessoas que cuidam de crianças têm. Princípios são sementes. Que sementes você tem lançado?
Como provavelmente você tem pouco tempo, resumi os princípios bíblicos para a educação das crianças, formulando assim os Dez princípios para as crianças crescerem felizes e bem-sucedidas. Eles fazem parte do livro " Infância: O Melhor Tempo Para Semear” da Editora Betânia. Nossa proposta é que cada pai e mãe tenham seu livro, para ser adotado como currículo na classe de pais. Neste manual você encontrará uma programação, baseada nas classes de pais que já realizei. Os princípios que serão trabalhados com as famílias são:

DEZ PRINCÍPIOS PARA AS CRIANÇAS CRESCEREM FELIZES E BEM-SUCEDIDAS

. Princípio n.º 1: Os pais são os responsáveis pela educação das crianças (Ef 6.4; Dt 6.6,7).

. Princípio n.º 2: Apascente o coração das crianças que estão sob sua responsabilidade (Jo 21.15.)

. Princípio n.º 3: Ame as crianças, incondicionalmente (1 Jo 4.7-20).

. Princípio n.º 4: Dê liberdade e limites com equilíbrio (2 Tm 1.7).

. Princípio n.º 5: Discipline-as quando necessário, usando os métodos adequados a cada ocasião; isto é estabelecer limites (Pv 6.23).

. Princípio n.º 6: Desenvolva o pensamento e a capacidade de tomar decisões fundamentadas nos princípios de Deus; isto é dar liberdade (Tg 1.25).

. Princípio n.º 7: Quando caírem ensine-as a levantarem de novo e a aprender com os erros (Sl 37.24).

. Princípio n.º 8: Atenda às necessidades de cada etapa do crescimento (Lc 2.52).

. Princípio n.º 9: Seja o exemplo que elas procuram (1 Co11.1).

. Princípio n.º 10: Crianças são flechas, eduque-as para serem lançadas na vida e acertarem o alvo (Sl 127.3-5; Rm 8.29).

Invista sementes na infância e garanta o sucesso da semeadura!
O que se encontra no início da vida de  pessoas felizes e abençoadas - é um jardineiro que semeou fontes de vida em sua infância. Os jardineiros são os pais e professores. A Bíblia diz: “Como são felizes os que obedecem aos seus estatutos e de todo coração o buscam! Sl 119. 2.
A infância é o melhor tempo para semear. Você é o semeador.
Estou semeando as sementes da minha mais alta esperança no solo fecundo da infância. Meu sonho é que tudo o que eu semear aqui contribua para seu jardim. Jardins combinam com crianças, é uma ótima imagem ao se tratar da infância. Só temos um jardim se houver o cuidado do jardineiro, semeando e cuidando com o zelo de cada plantinha. O jardim depende do jardineiro, sem seus cuidados ele viraria matagal. Você é o jardineiro. Cuide bem de seu jardim, a final você vive nele.
Para ter sucesso na semeadura inicie o mais cedo possível: com os pais & comece por dentro: pelo coração.
O semeador saiu a semear...
Com fé, esperança e amor,  Alexandra.


Obs: Parte dos textos foi retirada do livro “Infância: O Melhor Tempo Para Semear” da mesma autora.

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisa Google

Google